Fale Conosco
(11) 3392-2195 | (11) 3392-5196

Piercing Dental

Entre os procedimentos dentais estéticos, o piercing dental é um dos mais recentes. O piercing consiste em um strass feito com material, geralmente cristal, ouro, prata ou pedras preciosas. Sua colocação não requer anestesia, pois não é um procedimento invasivo, ou seja, não é preciso perfurar o dente para colocá-lo. Sua fixação é feita com cola, semelhante à utilizada para colocação de braquetes dos aparelhos fixos.

A cola que fixa o piercing é capaz de segurá-lo por, em média, 3 meses, após esse período é normal que ele caia. O cuidado do paciente em mantê-lo irá influenciar na vida útil do adereço. A retirada do piercing não deixa vestígios no esmalte dos dentes e não causa nenhum dano, nem deixa manchas.

Após o clareamento dental, a colocação de um piercing fica mais destacada, pois a brancura dos dentes irá contrastar com a coloração do enfeite, ainda mais se for em material que reflete a luz, como cristal ou pedras preciosas.

Você já ouviu falar em piercing dental?
Um estilo original e moderno é algo que faz parte da vida de muitas pessoas, sendo muito comum a colocação de acessórios inovadores para dar um toque diferenciado ao visual. Uma das últimas tendências é o piercing dental, que conquistou, principalmente, as mulheres que buscam uma alternativa delicada para realçar o sorriso. O acessório é constituído de uma pequena pedrinha brilhante colocada, geralmente, no incisivo lateral ou no canino. Muitas pessoas consideram o piercing dental extremamente charmoso e delicado, deixando o sorriso bem atraente.

Como o piercing dental é colocado?
Ao contrário do que muitas pessoas pensam, a colocação do piercing dental é completamente indolor e não necessita de perfuração. A pedrinha é colada na superfície do dente por meio de um adesivo especial que irá fixá-la por aproximadamente três meses. A colocação é feita rapidamente, não necessitando mais que cinco minutos.

De que material é feito o piercing dental?
O mais comum é o strass, mas é possível encomendar antecipadamente piercings de ouro, prata, cristal, diamante e outras pedras preciosas. É necessário lembrar que existe o risco do piercing se soltar devido à escovação intensa ou mesmo por má fixação do adesivo de base.

Custa caro?
O preço irá depender exclusivamente do material escolhido. Algumas pedras como o diamante possuem custo superior quando comparadas às pedras de strass ou brilhantes.

Há contra-indicações?
Não há nenhuma contra-indicação na colocação do piercing dental, pois o acessório não provoca nenhum problema na superfície dos dentes e na saúde bucal. Alguns dentistas aconselham a realização de uma limpeza completa seguida de clareamento, antes da colocação do piercing, garantindo um ótimo resultado estético.

E se eu quiser tirar?
O piercing dental pode ser retirado a qualquer momento pelo dentista, bastando fazer a remoção do adesivo de base que foi utilizado na fixação. Não é necessário se preocupar com nenhuma marca ou mancha, pois o dente ficará como antes da colocação do acessório.

Dentre os procedimentos estéticos odontológicos mais famosos, o piercing dental é um dos mais modernos e charmosos itens para quem procura renovar o sorriso. O piercing dental consiste na aplicação de um strass na superfície dentária, levando mais brilho para o sorriso. Esse strass pode ser feito em cristal, ouro, prata ou pedras preciosas. Esse enfeite é procurado por quem busca um estilo moderno também em seu sorriso, principalmente para as mulheres que optam pelo strass para valorizar o sorriso de forma diferente e inovadora, sem perder a delicadeza ou a coloração natural dos dentes. Normalmente, a pequena peça brilhante é aplicada no dente incisivo lateral ou no canino.

Como o piercing dental é aplicado?
A aplicação do piercing dental não necessita de anestesia, já que é um procedimento indolor e não invasivo. O dente não precisa ser perfurado para a aplicação da pedra, o piercing dental é fixado ao dente com uma cola semelhante à utilizada para colocar os braquetes do aparelho fixo.

Essa cola é capaz de manter o piercing por aproximadamente três meses e pode ser recolocado com o auxílio de um dentista. O tempo de permanência do piercing dental depende também dos cuidados do usuário.

O strass pode ser retirado sem nenhum prejuízo para o esmalte dos dentes, a cola não deixa vestígios, como manchas, nem causa nenhum dano à estrutura dental.

O clareamento dentário pode contribuir para dar ainda mais destaque para o piercing dental, pois a brancura dos dentes irá contrastar com a coloração do enfeite, principalmente se ele for produzido com um material que reflete a luz, como cristal ou pedras preciosas.

O preço do piercing dental varia de acordo com o material escolhido, assim, algumas pedras como o diamante, possuem um preço superior às pedras de strass ou brilhante.

Saiba mais detalhes sobre o piercing dental
Alguns cuidados como realizar uma escovação dental delicada podem manter o piercing por mais tempo. Não existe nenhuma contra-indicação para a utilização do piercing dental quando a saúde bucal está em dia, pois o acessório não desencadeia nenhum problema na saúde bucal. Porém, é essencial que o odontologista realize um check-up geral na saúde bucal para garantir que o dente escolhido para receber o piercing esteja em perfeitas condições.

Uma limpeza completa, realizada no consultório odontológico, assim como o clareamento, podem ser o toque que faltava para garantir um sorriso deslumbrante após a colocação do piercing dental, para que os dentes estejam com um aspecto saudável para receber o strass, garantindo um ótimo resultado estético.

Como é retirado o piercing dental?
O piercing dental pode ser removido a qualquer momento pelo dentista, basta retirar o adesivo que funciona como base de fixação para o acessório. É indicado que essa remoção seja realizada no consultório odontológico, assim como foi feita sua colocação.  Após a retirada do piercing dental, os dentes ficam como antes, sem manchas ou marcas decorrentes da utilização do acessório.

É essencial procurar um profissional especialista para a realização de qualquer procedimento odontológico, inclusive os estéticos, eliminando a possibilidade de prejuízos para a saúde bucal decorrentes de procedimentos mal realizados.